Governo do Paraná já cedeu as vigas que serão utilizadas na obra. Secretário de Infraestrutura e Logística vistoriou as atuais estruturas nesta quinta.

Durante visita a Tamarana nesta quinta-feira (17), o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Pepe Richa, vistoriou as pontes dos rios Apucaraninha e Claro, na zona rural do município. Acompanhado do prefeito da cidade, Beto Siena, o titular da Seil reconheceu que as estruturas estão aquém das necessidades da população e assegurou que a pasta já reservou vigas que serão utilizadas no alargamento das pontes. “São pontos perigosos. Estamos só aguardando alguns ajustes no projeto por parte da prefeitura para que possamos dar andamento. É só um trâmite burocrático. Eu acredito que a gente resolva facilmente”, afirmou Pepe.

A Prefeitura de Tamarana será responsável pelas demais partes da obra. A administração municipal se planeja para lançar uma licitação para contratar uma empresa especializada para executar a ampliação. O prefeito Beto Siena revelou otimismo com o fato de o projeto ter começado a sair do papel. “É um sonho antigo da comunidade e, além disso, é um trabalho que tem que ser realizado. O fato de o secretário ter vindo olhar as pontes é mais uma demonstração de que as coisas vão acontecer”, declarou.

O secretário também esteve no trevo da PR-445 que dá acesso à Tamarana. O local é tido como crítico, pois tanto o motorista que entra quando o que sai do município precisa passar por pistas estreitas. “Fiquei bastante impressionado com o trevo. Vamos voltar aqui e, como dever de casa, fazer um estudo e ver como podemos interceder para, de imediato e independente do projeto de duplicação da PR-445, buscar uma solução para esse problema”, garantiu Pepe Richa.

Prefeito Beto Siena visita locais com o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho

O prefeito lembrou que a rodovia é o principal acesso dos tamaranenses aos grandes centros do estado. Beto Siena disse que confia na capacidade do Executivo estadual em resolver a demanda em curto prazo. “A 445 é o nosso caminho para Londrina e

Curitiba. Há condições de acontecer mudanças para melhor ali e tenho certeza que o governo vai olhar com carinho para o trevo”.

Ainda participaram da visita a Tamarana o coordenador da Região Metropolitana de Londrina, Marco Antonio Santi, e o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem no norte do Paraná, Sergio Selvatici. O vice-prefeito do município, Sérgio Nakata, e o secretário de Obras da cidade, Antonio Manoel Gonçalves, também acompanharam a comitiva do governo estadual. Por parte da Câmara Municipal de Tamarana, estiveram presentes o presidente da Casa, Tega Fabiano, e os vereadores Hector Siena, Paulo Cesar da Cruz e Silvano de Oliveira.