23/07/2020

Famílias referenciadas no Cento de Referência de Assistência Social (CRAS) de Ibiporã estão tendo a oportunidade nesta pandemia de Covid-19 de complementar a alimentação com frutas, legumes e verduras produzidos por pequenos agricultores. Desde o início do mês, os gêneros alimentícios (além de hortifrutigranjeiros, há polpa de frutas, pães caseiros, temperos) estão sendo entregues semanalmente nos CRAS Centro e Gino Peretti (Terra Bonita).


Famílias recebem kit com frutas, legumes, verduras produzidos por pequenos agricultores

Os alimentos são repassados por meio do programa Compra Direta Paraná, do Governo Estadual. O objetivo é adquirir, de forma emergencial, gêneros alimentícios de cooperativa ou associação da agricultura familiar destinando diretamente ao atendimento da rede socioassistencial do Estado, como restaurantes populares, cozinhas comunitárias, bancos de alimentos, entidades e hospitais filantrópicos, entre outros.

O governo estadual destinou R$ 20 milhões para o Compra Direta, recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop). São aproximadamente 500 mil pessoas beneficiadas pelo programa. “Os produtos entregues pelo programa são muito importantes para complementar a alimentação, o que ajuda a aumentar a imunidade deste público no enfrentamento da pandemia. Além disso, gera mais renda no campo para os agricultores familiares que fornecem os produtos”, ressalta a coordenadora do CRAS, Silvéria Canuto.

Outra ação que está colaborando na qualidade da alimentação das famílias mais vulneráveis é a distribuição de cestas básicas. Ibiporã tem contado com a generosidade e espírito solidário de entidades e empresas as quais doaram mais de 17 toneladas de alimentos não perecíveis, totalizando 1.100 cestas básicas. O município recebeu doações da Defesa Civil Estadual, Grupo Muffato e Grupo Almeida Mercados. “Neste contexto de pandemia muitas famílias estão desempregadas, sem renda, e com dificuldades de suprir as necessidades básicas. Com a ajuda que estamos recebendo, temos a possibilidade de ampliar o número de pessoas a serem assistidas neste momento tão difícil”, salienta a secretária de Assistência Social, Irany Sorge.

Fonte e Fotos – Núcleo de Comunicação Social – PM de Ibiporã, por
Caroline Vicentini