Prêmio UIM de boas práticas locais está com inscrições abertas até 5 de dezembro

  • 21 de novembro de 2019

21/11/2019

Municípios com boas práticas locais, em execução ou concluídas até 30 de junho de 2019, podem verificar se podem concorrer ao Prêmio União Ibero-americana Municipalistas (UIM), com foco em políticas de gênero. As inscrições estão abertas até 5 de dezembro. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa sobre a oportunidade e recomenda aos gestores – com iniciativas em alguma das categorias – a participarem da premiação.

O objetivo do Prêmio UIM é reconhecer, valorizar, fortalecer e socializar as boas práticas locais com o foco em gênero, existentes na ibero-americana, para que promovam e incentivem novas experiências em outros Municípios da região. Por conta da diversidade de projetos, as práticas concorrentes devem ser inscritas nas categorias pré-definidas, que são:
1. Políticas para prevenir e erradicar a violência contra mulheres e meninas;
2. Democracia paritária;
3. Transversalidade de gênero nas políticas públicas locais; e
4. Prêmio UIM – Rednaceyt: mulher, ciência e tecnologia.

Das iniciativas entregues, serão premiadas as cinco melhores de governos subnacionais, que inclui Estados, províncias, departamentos, regiões, Municípios e outras denominações usadas para governos locais e regionais. Podem ser inscritas experiências já executadas para a inclusão de gênero nas políticas públicas locais, como programas que incorporem estratégias de igualdade de oportunidades, ações afirmativas, transversalidade de gênero, empoderamento feminino e democracia de gênero.

Estão aptos a participar os Municípios e as associações não governamentais – fundações, redes, associações. Na categoria 4, poderão ser apresentadas experiências de pessoas físicas. Para completar sua inscrição é necessário preencher o formulário e anexar uma carta declaratória da autoridade máxima do Município que credite a existência da experiência e autorize a difundir a prática apresentada.

Fonte: Agência CNM de Notícias, com informações do Pacto Global de Prefeitos pelo Clima e Energia
Arte: Divulgação