Novo Presidente da AMEPAR quer prefeitos à frente das decisões sobre municípios da região

  • 4 de fevereiro de 2019

O presidente da AMEPAR, Associação dos Municípios do Médio Paranapanema, e prefeito de Arapongas, Sérgio Onofre defende que os municípios e a Associação participem das decisões que os afetam diretamente, inclusive na indicação dos cargos regionais. “Um novo governo está começando e ele vem com um pensamento municipalista, por isso acredito que teremos mais espaço para atuar em favor do desenvolvimento e fortalecimento dos nossos municípios e região”, afirmou durante a cerimônia de posse que aconteceu no dia primeiro de fevereiro, no auditório do CISMEPAR, Consórcio Intermunicipal de Saúde do Médio Paranapanema, em Londrina.

Sérgio Onofre foi eleito por unanimidade no dia 14 de dezembro, com a presença de 17 dos 22 prefeitos que compõem a associação. Na cerimônia de posse 15 prefeitos se fizeram presentes, além de autoridades municipais e convidados, totalizando cerca de 60 pessoas. O presidente reforçou a necessidade dos prefeitos fazerem agendas comuns junto aos governos estadual e federal. “Vamos trabalhar apoiando um ao outro inclusive nas reivindicações específicas de cada município, buscando o crescimento de todos. Todos os municípios são igualmente importantes porque dependemos um dos outros”, enfatizou.

O presidente da AMEPAR defende uma abordagem técnica e, para isso, pretende realizar um estudo que levante o perfil de cada município, suas potencialidades e apresente ainda as demandas ( necessidades e problemas) comuns. “Algumas questões como a segurança, saúde e destinação do lixo são consenso, mas o estudo vai nos fornecer detalhes e apontar quais as soluções possíveis. Com ele poderemos traçar ações que tragam soluções”.

Sérgio Onofre recebeu o cargo do prefeito de Centenário do Sul, Luiz Nicácio que presidiu a entidade de 2017 a 2018. O novo presidente elogiou o trabalho de Nicácio que durante sua gestão saneou a entidade e recuperou a imagem da entidade.  “A escolha de Sérgio Onofre foi a melhor decisão. Com um perfil dinâmico, fortes contatos políticos e prestígio tanto entre nós quanto junto aos governos estadual e federal acredito que sua atuação vai fazer com que a região volte a ser forte”, afirmou Nicácio.